domingo, 27 de dezembro de 2009

Bitter Moon #8

Amargor. É tudo que restou da relação de amor e ódio entre a dançarina Mimi e o paraplégico Oscar (Peter coyote). Num cruzeiro, eles conhecem o casal Fiona (Kristin Scott Thomas) e Nigel (Hugh Grant), que logo fica encantado com a sensualidade da estonteante jovem. Oscar percebe o interesse imediato de Nigel pela mulher e lhe propõe um acordo: Que ele ouça toda a história do problemático casal, para que, no final, possa ter a dançarina em suas mãos. Oscar é um escritor fracassado, por isso, explora do último recurso que lhe resta: Narrar, do início ao fim, a relação dele com a jovem.
Então mergulhamos numa sedutora narrativa, através das lembranças que Oscar entrega a Nigel e ficamos sabendo de como o casal se conhecera e viveu, durante anos, altos e baixos de paixão e de certa obsessão, que o deixou na cadeira de rodas. Dirigido por Roman Polansky, Lua de fel é uma exaltação a beleza da jovem e sensual Emmanuelle Seigner, ainda que inocente/inocentada (com o decorrer do filme). Explorada em muitas noites e dias de sexo, fantasias e entrega ao amor, com doses de ciúme e violência. Hugh Grant é apenas um homem que acompanha a história e, à medida que conhece mais a dançarina, seu desejo aumenta - disposto a arriscar seu relacionamento com Fiona, uma pacata esposa (que se torna uma importante revelação no desfecho do conto).
A trilha sonora do filme acompanha o clima de sedução com bastante ritmo: I will survive, Never can say good bye e a sempre moderna Sweet Dreams, por David Stewart, entre outros clássicos.

Nota: 9/10
Título no Brasil: Lua de Fel
Diretor: Roman Polanski
Elenco: Hugh Grant, Emmanuelle seigner
Gênero: Drama
País: Inglaterra e França
Ano: 1992

6 comentários:

  1. Ah, me interessei! Parece ser um ótimo filme. Boa indicação, hein?!

    Feliz 2010, viu?! Tudo de melhor pra ti e pra quem você gosta.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom. Um jogo de atracção, mas cheio de enganos e desenganos. As interpretações ajudam a criar um clima único.

    Excelente 2010 para ti!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Nos minutos finais de 2009 conheci seu blog.Adorei!


    Cortar o tempo

    Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,
    a que se deu o nome de ano,
    foi um indivíduo genial.

    Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

    Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.
    Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente
    Carlos Drummond de Andrade

    Beijos e feliz 2010!

    Carol Sakurá

    ResponderExcluir
  4. ESPERANÇA

    "Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano
    Vive uma louca chamada Esperança
    E ela pensa que quando todas as sirenes
    Todas as buzinas
    Todos os reco-recos tocarem
    Atira-se
    E
    - ó delicioso vôo!
    Será encontrada miraculosamente incólume na calçada,
    Outra vez criança ...
    E em torno dela indagará o povo:
    - Como é teu nome, meninazinha de olhos verdes?
    E ela lhes dirá
    (É preciso dizer-lhes tudo de novo!)
    Ela lhes dirá bem devagarinho, para que não esqueçam:

    - O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA ...."

    (Mário Quintana)

    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... está aqui para desejar para você um ano de 2010 de muita LUZ. Que nele você consiga realizar alguns de seus mais importantes propósitos.
    E que DEUS ÑANDE RU continue nos anemçoando COM A SUA ETERNA GRAÇA pelo resto de nossas vidas. Agradeço sua presença em meu blog durante o ano de 2009 com seus comentários sempre muito carinhosos e relevantes. E como já é tradição em nossa cultura trago algimas simpatias para entrar o ano de bem com ele. BOA SORTE.
    QUE SEJAMOS FELIZES.
    FELIZ ANO NOVO ! QUE OS BONS VENTOS SOPREM SEMPRE A SEU FAVOR EM 2010 !
    Saudações Florestais !
    http://www.silnunesprof.blogspot.com

    ResponderExcluir